Tutorial de Instalação e uso


1.Tutorial de instalação do Wixel
132.09-Capturar.PNG


  • Entre no site da Pololu e na página dedicada ao Wixel. Baixe o arquivo: Windons Drivers and Software Release.7
  • Extraia os arquivos, execute Setup.exe e siga os passos indicados pelo instalador. Conlui-se a instalação do programa Wixel Configuration Utility, ferramenta para carregar os programas no Wixel.
No site da Pololu deve-se baixar o arquivo "Wixel Development Bundle for Windows" e seguir os passos do executável.

    • Vá em seu diretório raiz e abra a pasta "wixel-sdk" e execute make_all.bat. Esse arquivo vai gerar uma série de programas-exemplos para seu wixel
  • Vá para o guia de usuário, sessão 10.c. "Using the Eclipse IDE", acesse o link http://www.eclipse.org/downloads/, e baixe o "Eclipse IDE for C/C++ Developers"
    • Deve-se seguir os passos do instalador e abra o Eclipse. Após a escolha da pasta "workspace" mova a pasta "wixel-sdk" para "workspace".
    • Crie um novo projeto com o nome "wixel-sdk", o Eclipse deve mostrar um aviso no topo contendo o seguinte texto: Directory with specified name already exists.
    • Abaixo de Project File selecione Projeto vazio em Makefile Project e clique em Finish para terminar.

Também é possível compilar os projetos sem o eclipse. Edite o código de qualquer projeto e execute o arquivo "make_all.bat" na pasta wixel-sdk, ele vale como compilador para os projetos da pasta apps.


2. Primeiros passos.

Primeiramente deve-se copiar uma pasta de projeto da pasta "apps" contida na pasta "wixel-sdk". Renomeie-a para o nome do seu programa a ser inserido no wixel. Abrindo o arquivo .c da pasta copiada pode-se começar a escrever o novo programa.
Deve-se começar inserindo bibliotecas que serão usadas no programa, exemplo:
#include <gpio.h>

Em seguida deve se observar a estrutura padrão de um programa do Wixel:
void main()
{
  systemInit();
  usbInit();
 
  while(1) // loop principal do wixel
  {
    boardService();
    usbComService();
  }
}

Partindo dessa estrutura pode-se iniciar os pinos, dentro do main, com as seguintes funções.
setDigitalOutput(Pino, PullTipe);
Função que serve para definir o pino como saida digital. Os parâmetros devem ser um número inteiro equivalente ao pino e o tipo de saída dele (Alto ou baixo, ligado ou desligado, etc...)

setDigitalInput(Pino, PullTipe);
Função que serve para definir o pino como entrada digital. Os parâmetros devem ser um número inteiro equivalente ao pino e o tipo de saída dele (Alto ou baixo, ligado ou desligado, etc...)

Tabela de pinos equivalente:
asd.PNG


No código deve-se aplicar da seguinte forma:
#include <wixel.h>
#include <usb.h>
#include <usb_com.h>
#include <gpio.h>
 
void main()
{
  systemInit();
  usbInit();
  setDigitalOutput(10,LOW);
  setDigitalInput(11,LOW);
 
  while(1) // loop principal do wixel
  {
    boardService();
    usbComService();
  }
}
 

Para efeito de teste deve-se conectar 2 cabos no Wixel, um na saída que definimos no pino 0 da porta 1 com a outra ponta do cabo em um LED; E o outro cabo ligaremos na saída de energia da porta 1 o pino "3v".
programam-se as entradas e saídas no loop principal do wixel, da seguinte forma:
while(1) // loop principal do wixel
{
   boardService();
   usbComService();
   if(P1_1 == HIGH) // testa se o pino de entrada está recebendo energia.
   {
      P1_0 = HIGH; // Define o pino como ligado.
   }
}

Para teste deve se colocar a outra ponta do cabo ligado a energia no pino 1 da porta 1. Assim ele ficara ligado e passara na checagem do código, fazendo o LED ligado ao pino 0 acender enquanto se mantiver a energia no pino 1.


Home > Microcontroladores > O Wixel > Tutorial de instalação e uso > A aplicação > Conclusão > Links e Refêrencias